O cardigan carrega há muito tempo o estigma de “peça feminina” e mesmo que este mito tenha sido combatido ao longo dos anos, ainda existem homens que abrem mão da peça pelo preconceito…  

Meu conselho?

Conheça a história da peça e pare de ser mais um na manada. Pare de deixar que a indústria da moda determine como você deve se vestir e que a mesma determine o prazo de validade do seu guarda-roupa. Cardigans são peças clássicas e versáteis, além de um item quase obrigatório do guarda roupa atemporal.

Neste artigo, você, cavalheiro, que nunca usou um cardigan, entenderá que está perdendo tempo e inúmeras possibilidades de transformar looks comuns em poderosos e atemporais com uma única peça. Além disso, você receberá dicas simples para usar seu cardigan sem medo de errar. Confira:

Onde surgiu o Cardigan

O nome “cardigan” tem origem nobre, pois segundo alguns livros o primeiro homem a usá-lo foi o conde Cardigan (James Thomas Brudenell), ainda no século XIX. A peça possui um modelo clássico, inspirado no suéter, mas um pouco mais leve e com botões frontais.

Apesar de ter sido criado há bastante tempo, o cardigan é uma peça que se reinventa com o passar dos anos e, dessa forma, nunca sai de moda.

E se você, cavalheiro, acha que ele é uma “roupa de tiozão”, acredite: você está enganado e deve sim, ter um em seu guarda-roupa, afinal, essa é uma peça leve, poderosa, versátil e extremamente usual tanto no inverno quanto na conhecida “meia estação”, dependendo da ocasião.

Características de um Cardigan de Respeito

Uma das maiores qualidades e diferenciais do cardigan é a leveza, isso, além das cores que geralmente são escuras, o que dá um toque de bom gosto especial ao visual.

Em resumo, o cardigan por si só já é uma peça charmosa, e quem o usa, herda todo este charme sem muito esforço.

Entretanto, para extrair todo o seu potencial de estilo, você deve saber usá-lo da maneira correta e é sobre isso que eu vou te falar logo abaixo. Por isso, cavalheiro, continue essa leitura:

Cardigan Masculino: Por que usar

O inverno requer roupas que funcionem bem para reter o calor do corpo enquanto ampliam o estilo pessoal de um homem, principalmente para aqueles que moram nas regiões Sul e Sudeste do país…

A maioria dos homens se sentem limitados quando o assunto são sobreposições.

Quando se fala em casacos ou quaisquer sobreposições na parte superior em geral, é comum fazer a associação a moletons super folgados com zíperes extravagantes, jaquetas caras de couro sintético ou do novo “couro ecológico” que craquela logo no primeiro uso, ou ainda a blazers formais.

Em contrapartida, o cardigan é uma peça que adiciona poder e estilo a qualquer visual, além de mante-lo aquecido.

O cardigan pode ser usado aberto ou fechado

Quando aberto, funciona muito bem como um casaco, além de, se for usado no tamanho correto, valorizar os melhores atributos do seu corpo. Dessa forma, a peça dá um estilo mais suave e casual a qualquer look.

Quando fechado, o mesmo pode ser usado para compor looks de muito bom gosto em ocasiões “semi-formais”, como um dia de trabalho no escritório ou uma reunião reservada com amigos e parentes.

Em um clima mais quente, você pode usá-lo “drapeado” sobre seus ombros, ou seja, trata-se de uma peça de roupa clássica e versátil para todos os climas que, se usada da maneira correta, pode compor centenas de looks diferentes.

Cavalheiro, trate de abandonar as imagens mentais desatualizadas que você possui sobre o cardigan como uma coisa antiga e passe a visualizá-lo sem preconceitos, como um poderoso aliado do guarda-roupa atemporal, e eu garanto que você não irá se arrepender.

Um bom cardigan combinado com uma camisa casual mostra um gosto único que só um homem sintonizado com um estilo atemporal pode apreciar – seja esse homem – um dos poucos que conhecem a imagem e o poder que essa peça projeta.

Como comprar seu primeiro Cardigan

Se você está decidido a comprar seu primeiro cardigan, preste muita atenção em três pontos: ajuste, qualidade e versatilidade.

Ajuste

Seu cardigan deve ser confortavelmente solto, mas não com tecido caindo sobre a calça ou como uma “asa de morcego” de baixo do braço, você deve sentir a leveza, mas ao mesmo tempo a peça deve estar perfeitamente ajustada ao seu corpo.

Como?

As costuras dos ombros devem terminar em cima do seu ombro; se elas estiverem “caindo” no seu braço, significa que estão muito grande. A bainha deve cobrir sua cintura, mas não os bolsos das calças.

Qualidade

Qualidade é algo que você deve prezar em todas as peças do seu guarda roupa, cavalheiro.

Sinta a lã e pense sobre o quanto você vai gostar de usá-la. Qualquer coisa que seja muito áspera será impossível de usar sem uma camisa com mangas compridas e logo irá ter aparência de “muito usada”.

Verifique também se o material não tem aquelas “temidas” bolinhas brancas, veja se elas se formam quando você esfrega ou estica a peça.

Versatilidade

Antes de comprar um cardigan, visualize composições com peças que você já tem no seu guarda roupa e se essa aquisição levará o seu guarda roupa a um outro nível.

Não compre algo que é substituível por peças que você já possui e muito menos algo que destoe do seu guarda-roupa versátil.

Opte por peças pretas, cinzas, azuis-marinho e em tons neutros-terrosos, essas cores são extremamente versáteis, além de não terem prazo de validade.

Antes de adquirir qualquer peça, cavalheiro, – e isso não vale apenas para o cardigan, mas para qualquer aquisição de estilo – pense sobre o quanto seu guarda-roupa precisa de peças chaves – um núcleo firme de peças coringas garante que você só precise ter poucas e boas no seu guarda roupa e isso é mais do que suficiente.

Lembre-se sempre que minimalismo é muito mais que uma opção de bom senso, cavalheiro, é um estilo de vida.

Como usar um Cardigan

Como você pode ver, o Cardigan é uma peça essencial e poderosa para o seu guarda-roupa atemporal e até agora você já aprendeu muito sobre a sua história, sobre seu potencial de estilo, como adquirir a sua primeira peça com sabedoria e assertividade e agora você aprenderá um pouco mais sobre essa peça, para ser mais específico, falaremos sobre algumas das possibilidades de composição para esta peça. Acompanhe:

Cardigan Masculino ao invés de Blazer

Sim, cavalheiro, uma das formas de usar o cardigan masculino é no lugar do blazer.

Você pode pensar que essa troca vai diminuir o poder do seu look, mas muito pelo contrário, dependendo da ocasião, o seu cardigan passará uma imagem de confiança e fará de você um referencial de estilo e bom gosto em qualquer ambiente.

Para passar um ar mais despojado, você pode usá-lo aberto; quando fechado, junto de uma camisa social, cabe perfeitamente para um evento semi-formal.

Camadas: Como coordenar seu Cardigan com outras peças

O que torna o cardigan indispensável são as possibilidades de combinação com outras peças. Ele pode ser usado debaixo de um blazer ou jaqueta, ou simplesmente ficar por cima de um suéter.

O look fica muito bonito e você com certeza se destacará da multidão.

O que evitar na hora de usar um Cardigan

Pois é, cavalheiro, sempre tem algo que não combina muito bem com determinadas peças de roupa. No caso do cardigan, você deve evitar:

  • Usá-lo com roupas muito coloridas;
  • Usar o modelo slimfit se você estiver um pouco acima do peso;
  • Se você não é muito alto, evite os modelos listrados, principalmente na horizontal.

Esse conteúdo foi útil para você, cavalheiro?

Cavalheiro, primeiro, saiba que ler esse conteúdo conteúdo até o fim é apenas um dos importantes passos na caminhada da construção de um estilo poderoso e de destaque. Parabéns pelas iniciativa de questionar aquilo que é comum e querer expressar sua personalidade através do estilo!

Depois dessa leitura, você tem em mãos o conhecimento necessário para demonstrar extremo poder e destaque através do uso assertivo de um cardigan masculino…

Espero que você use essas dicas para construir um estilo poderoso!

E se você quer saber como homens comuns adquiriram poder e prestígio através de uma mudança poderosa e definitiva de estilo e hoje fazem parte de um seleto grupo de homens elegantes, que alcançaram outro nível, clique aqui para saber mais.

Sua opinião é essencial para mim!

Se você gostou desse artigo lembre-se de curtir, compartilhar com os amigos e deixar um comentário dizendo o que você aprendeu com esse conteúdo!